O trabalho da escrituração compreende:

  • Registro de cotas à titularidade dos diferentes cotistas;

  • Controle das integralizações e subscrições de cotas;

  • Controles decorrentes de gravames, usufrutos e bloqueios judiciais sob as cotas dos fundos;

  • Envio periódico dos extratos de posição de cada cotistas.